Olá, Mundo!

37612-biest

Este é, como já deve ter perce­bido, um blog sobre o FreeB­SD.

Num mun­do que é dom­i­na­do pelo Lin­ux, no que toca a sis­temas com­patíveis com o Unix, o FreeB­SD ocu­pa um nicho algo pequeno e descon­heci­do.

Tentarei, através deste blog faz­er mais um pouco para divul­gar o FreeB­SD e mostrar que con­segue faz­er tudo o que o Lin­ux e out­ros sis­temas Unix con­seguem, talvez mais facil­mente, mas de certeza de uma maneira mais diver­ti­da.

É impos­sív­el não com­parar o FreeB­SD com o Lin­ux. É lugar-comum diz­er-se que FreeB­SD não dis­põe de suporte para tan­to hard­ware como o Lin­ux, mas isso não pode­ria estar mais longe da ver­dade. O número de apli­cações tam­bém não é menor. Quase todas as apli­cações que exis­tem para Lin­ux estão igual­mente disponíveis para FreeB­SD. Uma das defi­ciên­cias, de fac­to, do FreeB­SD tem que ver com a lin­guagem Java. Ape­nas há pouco tem­po o suporte para Java chegou ao nív­el do Lin­ux, com o aparec­i­men­to do Open­JDK. Con­tu­do, o FreeB­SD dis­põe de uma cama­da de emu­lação que per­mite cor­rer apli­cações Lin­ux sem que estas sequer se aperce­bam que não se tra­ta efec­ti­va­mente de Lin­ux.

No entan­to, ape­sar de ser pouco con­heci­do, poucos sabem que o FreeB­SD (mais especi­fi­ca­mente, uma vari­ante chama­da Dar­win) é a base para o Mac­in­tosh Oper­at­ing Sys­tem, mais con­heci­do como MacOS, des­de a sua ver­são 10.0, ou ain­da no sis­tema oper­a­ti­vo da con­so­la da Sony, a Playsta­tion 3.

Para ter­mi­nar ape­nas gostaria de deixar um avi­so: este blog é escrito ape­nas nos meu tem­pos livres. Não ten­ho quais­quer pre­ten­sões que ele se torne numa obri­gação. É ape­nas um hob­by.

Espero que gostem e retirem dele algum con­hec­i­men­to sobre este sis­tema oper­a­ti­vo tão pouco con­heci­do e recon­heci­do.

About António Trindade

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *