Velho cais

Esta foi das primeiras fotografias que tirei com a min­ha Canon DSLR. Ain­da nem a tin­ha há uma sem­ana com­ple­ta, e ape­nas uma objec­ti­va, a 18–55mm, que vin­ha com ela. Ain­da mal sabia tra­bal­har com a máquina, mas já sabia que era mel­hor fotogra­far em raw. Ape­nas quan­do apren­di as téc­ni­cas cor­rec­tas de câmara escu­ra dig­i­tal é que con­segui tirar todo o poten­cial des­ta fotografia. Côja é uma vila que fica na con­fluên­cia do Rio Alva e da Ribeira da Mata, a 12 km da sede de con­cel­ho, Arganil. É vila des­de 1260 e há provas de ser habita­da por romanos e árabes. Foi aqui que pas­sei todos os verões até ter cer­ca de 17 anos de idade. De Inver­no é fria e com dias cur­tos e muito pou­ca gente. De Verão é quente, de dias cur­tos na mes­ma, mas com mui­ta gente, prin­ci­pal­mente tur­is­tas. É dos poucos sítios onde já estive onde não se ouve nem um som feito pelo Homem num dia de semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.