O inglês está na moda?

Já repararam como o inglês está na moda?

Por todo o lado se ouve falar em run­ningcyclingsmart­phonestabletslap­tops… Nos cír­cu­los de pes­soas que usam cig­a­r­ros elec­tróni­cos é o cop­perstain­less steelbrass, etc.

Se é ver­dade que, para alguns dess­es ter­mos, o equiv­a­lente em por­tuguês não soa tão bem, nem é tão fácil de diz­er, como “tele­fones esper­tos”, “com­puta­dor de mão”, “com­puta­dor de colo”, etc., exis­tem out­ros para os quais o ter­mo em por­tuguês é per­feita­mente uti­lizáv­el, como “cor­ri­da” em vez de run­ning, “ciclis­mo” em vez de cycling, “cobre” em vez de cop­per, e por aí fora.

Caso ain­da não tivessem repara­do, sou um acér­ri­mo defen­sor da lín­gua por­tugue­sa (e sou abso­lu­ta­mente con­tra o Abor­to Ortográ­fi­co de 1990, que nos querem impor à força, mas isso fica para out­ras núp­cias) e não con­si­go perce­ber o porquê des­ta sub­sti­tu­ição de ter­mos por­tugue­ses pelos ingle­ses.

Será por ser mais chique!? Talvez, mas não deixa de ser mau.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *