Que merda…

Que mer­da.…

Que mer­da de doença que só faz sofr­er…

Que mer­da de can­cro que nos come por den­tro…

Que mer­da de sofri­men­to que incute em todos, ami­gos e famil­iares…

Quer mer­da de Deus que nos leva quem mais amamos…

Que mer­da de dor que nos asso­la…

Que mer­da de luto que temos que atu­rar…

Que mer­da…

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *