Sociedade

A sério — saia sempre do escritório a horas

Tradução algo livre e nada profis­sion­al do tex­to reti­ra­do de https://www.linkedin.com/pulse/really-always-leave-office-time-andrew-mcgregor Recen­te­mente, par­til­hei uma imagem e comentei sobre o porquê de eu acred­i­tar geni­u­na­mente que todos deve­mos praticar a arte de sair do escritório a horas. Admi­to que não esper­a­da os 3 mil e tal ‘likes’ e cen­te­nas de comen­tários, con­tu­do, que­ria par­til­har o porquê de …

A sério — saia sem­pre do escritório a horasRead More »

A causa profunda dos problemas de governação está no sistema eleitoral

A seguir repro­du­zo um tex­to que li no Face­book, que fala sobre o esta­do da democ­ra­cia em Por­tu­gal, sis­temas eleitorais, o nos­so e como o mel­ho­rar. Algo lon­go, mas muito esclare­ce­dor. Con­segue ain­da jus­ti­ficar o por quê de serem sem­pre as mes­mas caras na nos­sa políti­ca, des­de há muitos anos para cá. Por Jorge Tavares a Segun­­da-feira, …

A causa pro­fun­da dos prob­le­mas de gov­er­nação está no sis­tema eleitoralRead More »

Observatórios de tudo e mais alguma coisa

DIVULGUEM !!! ACTUEM!!!! A PACIÊNCIA ESGOTOU-SE !!!! Com tan­ta difi­cul­dade em cor­tar a despe­sa ( falar é fácil ….diz este Gov­er­no que não quer­e­mos )  será que não con­seguem dar uma GRANDE LIMPEZA nes­ta lista…. Depois das fun­dações, tín­hamos esque­ci­do os obser­vatórios… Obser­vatório do medica­men­tos e dos pro­du­tos da saúde Obser­vatório nacional de saúde Obser­vatório …

Obser­vatórios de tudo e mais algu­ma coisaRead More »

5 de Outubro

Esta é uma data que assi­nala dois episó­dios chave na História de Por­tu­gal. Um dos episó­dios, ocor­ri­do há 102 anos, é sobe­ja­mente con­heci­do; o out­ro, ocor­ri­do há 869, é pouco con­heci­do, pelo menos a data exac­ta. Admi­to que, eu próprio, ape­nas tomei con­hec­i­men­to deste últi­mo hoje. A maior parte dos por­tugue­ses con­hecem sim, a data …

5 de Out­ubroRead More »

Ratos atrás do queijo

Tex­to reti­ra­do de um comen­tário à notí­cia ““Não é ver­dade que a maio­r­ia dos por­tugue­ses este­ja con­tra a aus­teri­dade””, pub­li­ca­da no Jor­nal de Negó­cios, por um leitor auto-inti­t­u­la­­do XIZUM: Não à aus­teri­dade cega! A meu ver, o que está a acon­te­cer na Europa do Euro é, sim­ples­mente, um dos maiores logros de toda a história …

Ratos atrás do quei­joRead More »

15 de Setembro de 2012 — O dia que o povo não vai esquecer

O povo saiu à rua!   Uma sem­ana depois do Primeiro-Min­istro Pedro Manuel Mamede Pas­sos Coel­ho ter admi­ti­do o fal­hanço na con­tenção da dívi­da públi­ca e anun­ci­a­do um aumen­to da con­tribuição para a Segu­rança Social por parte dos tra­bal­hadores, ao mes­mo tem­po que a reduzia para os empre­gadores, o Povo Por­tuguês quis mostrar a sua …

15 de Setem­bro de 2012 — O dia que o povo não vai esque­cerRead More »

Ao que isto chegou…

Encon­trei este tex­to no Face­book, mas como é algo lon­go, resolvi par­til­há-lo aqui. “Este é um tex­to lon­go, pouco face­book friend­ly, mas à fal­ta de mel­hor sítio para expres­sar o que me vai na alma, aqui fica: Vão-se foder. Na ado­lescên­cia usamos vernácu­lo porque é “fixe”. Depois deix­amo-nos dis­so. Aos 32 sin­­to-me nova­mente no dire­ito …

Ao que isto chegou…Read More »

Memórias de um ex-desempregado

[E]star desem­pre­ga­do é uma condição que, infe­liz­mente, afec­ta muitos por­tugue­ses hoje em dia. Muito se fala de desem­prego nas notí­cias, mas muito poucos sabem o que isso sig­nifi­ca real­mente para a saúde men­tal e físi­ca de uma pes­soa. Estar desem­pre­ga­do é um ver­dadeiro teste de resistên­cia pes­soal à frus­tração e tédio. Fala-se tam­bém muito de …

Memórias de um ex-desem­pre­ga­doRead More »

A origem da semana de trabalho de 40 horas

Este arti­go foi traduzi­do de um que foi pub­li­ca­do orig­i­nal­mente na pági­na Alter­Net. [S]e tem a  sorte de ter um emprego ago­ra, provavel­mente estará a faz­er tudo para o man­ter. Se o patrão lhe pede para tra­bal­har 50 horas, tra­bal­hará 55. Se ele pede 60, perderá noites durante a sem­ana e Sába­dos, e tra­bal­hará 65. Muito …

A origem da sem­ana de tra­bal­ho de 40 horasRead More »

Um Dia Isto Tinha Que Acontecer (por Mia Couto)

Existe mais do que uma! Cer­ta­mente! Está à ras­ca a ger­ação dos pais que edu­caram os seus meni­nos numa abas­tança capri­chosa, pro­te­­gen­­do-os de difi­cul­dades e escon­­den­­do-lhes as agruras da vida. Está à ras­ca a ger­ação dos fil­hos que nun­ca foram ensi­na­dos a lidar com frus­trações. A iro­nia de tudo isto é que os jovens que …

Um Dia Isto Tin­ha Que Acon­te­cer (por Mia Couto)Read More »