A sério – saia sempre do escritório a horas

Tradução algo livre e nada profissional do texto retirado de https://www.linkedin.com/pulse/really-always-leave-office-time-andrew-mcgregor

Recentemente, partilhei uma imagem e comentei sobre o porquê de eu acreditar geniunamente que todos devemos praticar a arte de sair do escritório a horas. Admito que não esperada os 3 mil e tal ‘likes‘ e centenas de comentários, contudo, queria partilhar o porquê de eu acreditar genuinamente que para atingir o pináculo tanto da vida profissional como pessoal, ao mesmo tempo, devemos prestar absoluta atenção e ‘sair do escritório a horas‘.

Durante os passados 10 anos, ouvi constantemente a maravilhosa frase ‘equilíbrio entre trabalho e vida’. Este é um conceito que inclui uma boa prioritização entre ‘trabalho‘ (carreira profissional) e ‘vida‘ (saúde, lazer, família e desenvolvimento espiritual/meditação).

Então o que quer isto tudo dizer e por que é que eu acredito geniunamente que se deve sair do escritório a horas?

  1. Trabalho é um processo sem fim – É um facto e mais vale habituarmo-nos a isto, por isso, pare de se focar em apenas 1 dia ou 1 semana e comece a planear uma carreira. Assim, passe a dominar as faculdades da gestão do tempo e pare de tentar fazer tudo num dia!
  2. Os interesses de um cliente são importantes, mas a família também – Honestamente, acho ridículos os comentários que afirmam que 2 horas ao serão são suficientes para a vossa família, mas na realidade, não são. Será sempre mais enriquecedor que um cliente, por isso, dê-lhes o tempo que eles merecem.
  3. Se sofrer uma queda na vida, nem o seu cliente nem o seu chefe o ajudarão, a sua família fa-lo-á. – Não me leve a mal, mas estava em conflito com isto enquanto tentava ser bom chefe e tentava ajudar, apenas tentando, mas a família ajudará sempre.
  4. A vida não é só trabalho, escritório e cliente – Gosto imenso das pessoas e da indústria para a qual trabalho e quando celebramos é fantástico, mas sabem que mais? É só um momento. Com amigos e família, os bons momentos são contínuos e sem esperar por eles. Aprecie seus momentos com a família e amigos e experimente novas aventuras com eles também.
  5. Uma pessoa que fica até mais tarde no escritório não é uma pessoa trabalhadora – Este ponto levantou muita disputa na minha publicação original e compreendo que muita gente não concorde, mas eu tenho uma visão diferente. Aprendi em 10 anos de recrutamento que todos os que são capazes de trabalhar efectivamente no tempo que lhes é concedido são altamente bem sucedidos e gozam de um grande equilíbrio entre trabalho e casa. Se trabalha 10-12 horas peço-lhe que olhe para o que está a tentar alcançar e questione se terá realmente benefícios acrescentados. Planeie o sei dia antes de o começar; não o faça às 8 horas ou 8 e meia depois do dia começar, pois estará já a perseguir a própria cauda. Não seja tolo.
  6. Não estudo arduamente ou lutou pela vida para se tornar uma máquina – As máquinas podem funcionar 24 horas por dia desde que tenham o combustível certo. Você não pode; balanceie a sua vida, lembre-se que tem 24 horas: 8 para dormir, 8 para trabalhar e 8 para fazer o que quiser!
  7. Se o seu patrão o obriga a trabalhar até tarde – Sabe o que eu sou, um patrão. Se tiver que pedir a alguém para trabalhar até tarde, ou mesmo se eu trabalhar até tarde, sou um tolo. Até à data, nunca pedi a ninguém para trabalhar até tarde, nem nunca o farei. Pratique o que prega.

Eu poderia continuar por horas, dado que este é um assunto que me é querido. Fui o filho de um pai que raramente via devido ao trabalho. Vi famílias inteiras desfeitas por colocarem o trabalho à frente da família. Ouvi falar de pais novos que faleceram devido ao stress no trabalho e por trabalharem 16 horas por dia.

SAIA SEMPRE DO ESCRITÓRIO A HORAS.