Condução desportiva…

Quem nun­ca fez, no seu car­ro, uma con­dução mais “desporti­va”? Acel­er­ações e trav­agens mais brus­cas, ou por neu­ra ou pelo sim­ples gozo de tirar par­tido da máquina que temos em nos­sas mãos?

Ora, na pas­sa­da Sex­ta-feira tive um vis­lum­bre dess­es… No com­boio a cam­in­ho de casa!

Sim, leste bem, no com­boio!

Acon­te­ceu quan­do a Lin­ha da Azam­bu­ja se encon­tra com a Lin­ha de Sin­tra. O com­boio onde eu ia, vin­do pela Lin­ha Rossio-Sin­tra colo­cou-se lado a lado com o com­boio que vin­ha de Entre­cam­pos.

A par­tir daí parece que os dois maquin­istas estavam a faz­er uma cor­ri­da… Ora chego eu primeiro a uma cur­va, ora chegas tu primeiro à estação, ora tra­vo eu mais tarde, ora travas tu…

A brin­cadeira acabou na Estação da Reboleira. O maquin­ista do com­boio onde eu seguia deve ter rece­bido instruções para deixar o out­ro avançar e não saiu da estação enquan­to o out­ro não desa­pare­cia de vista…

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *